Serra Catarinense

Serras Catarinenses (1)

Para quem está acostumado a passar os verões nos Balneários de Santa Catarina, aqui vai uma sugestão diferente: esqueça as praias e venha curtir a Serra Catarinense.

Os principais municípios que compõe essa região, São Joaquim, Urubici, Lages e Bom Jardim da Serra, possuem paisagens deslumbrantes, cânions espetaculares, trilhas de beleza incomparável, hotéis fazenda com ótima infra-estrutura e rios cristalinos que enriquecem ainda mais a beleza local.

Cartão-postal da Serra Catarinense, a Serra do Rio do Rastro fica encravada na montanha entre as cidades de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra. Dos 35 quilômetros que ligam os dois municípios, 15 foram construídos em concreto armado e colocam à prova as habilidades dos motoristas. São dezenas de curvas fechadas e pequenas retas que passam a percepção que o local é uma enorme montanha russa. Quem anda por aqui de carro, vai ter aquela sensação de “friozinho” na barriga devido às subidas e descidas íngremes que terminam sempre com uma vista para o abismo.

Com o tempo, o receio e a tensão dão lugar ao prazer de dirigir em um dos locais mais belos do país. Essa estrada é considerada uma das mais incríveis do mundo. É diversão garantida para qualquer motorista.

Uma parada no Mirante da Serra do Rio do Rastro é obrigatória. O local oferece uma visão panorâmica da Serra e está a 1.460 metros de altitude. Em dias de céu azul, é possível avistar cidades do litoral como Laguna e Tubarão. O mirante é cercado por lanchonetes, lojas de comidas típicas e artesanato.

Próximo ao mirante, também há uma usina eólica. A visão de uma “plantação” de cata-ventos gigantes é deslumbrante e chama a atenção de quem sobe a estrada. No caminho, aproveite e conheça o Cânion da Pedra Furada, uma escultura natural para admirar de longe ou de perto, já que o trekking por montanhas e vales está entre as principais atividades de lazer da região.

As cidades da Serra Catarinense tem atrações distintas. São Joaquim é famosa devido aos campos cobertos de gelo, geada e, eventualmente, neve. A cidade é sede do parque Snow Valley e de vinícolas como a Villa Francioni, que oferece visitas guiadas.

Igualmente fria no inverno, porém com menos frequencia de neve, Urubici é conhecida pela beleza de suas cachoeiras, como a do Avencal e do Véu de Noiva. Além disso, existem diversas opções de turismo de aventura, como rapel, tirolesa, vôo livre e trilhas de vários níveis de dificuldade.

Lages, à 80 quilômetros de São Joaquim, é pioneira no turismo rural. Aqui ganham destaque as cavalgadas e shows de músicas gaúchas. A cidade também possui um parque de aventura, o Adventure Park (tem tirolesa, quadriciclo, escalada, arvorismo, rapel, trekking etc.) e hotéis-fazenda que oferecem cursos de cavalgada, piscinas térmicas, jacuzzis e ofurôs em cabanas românticas na beira do lago.

Já Bom Jardim da Serra fica no topo da montanha, a quase 1.500 metros de altitude e oferece acesso para outros municípios catarinenses e gaúchos. Na região existem ainda 35 cachoeiras, 14 rios e nove cânions. Essas belezas da natureza renderam à cidade o apelido de “Capital das Águas”.

Independente qual seja seu perfil de turista, a Serra Catarinense possui atrações para fazer você passar férias inesquecíveis. Curta uma viagem romântica ou aventure-se com seus amigos com esse pacote da Golden Tour.

Galeria de Imagens

Solicite Seu Orçamento