Marrocos

Marrocos (4)

Reino ensolarado no noroeste da África, o Marrocos surpreende pelas paisagens e pela sua diversidade de elementos naturais, como lagos, cachoeiras, praias e montanhas. O país apresenta contrastes interessantes: de um lado, temos o Deserto do Saara, o maior e mais quente do mundo. De outro, no meio deste clima árido e seco, existem florestas centenárias de cedros e cachoeiras de mais de 60m de altura.

O calor do deserto criou histórias e personagens trouxeram uma aura mágica para o país. Mas não é só isso que fascina este reino. O Marrocos de hoje é um resultado de múltiplas influências pois foi colonizado pelos fenícios, depois por romanos, bizantinos e árabes. Estes o transformaram num país Islâmico. O Marrocos ainda tornou-se colônia francesa e espanhola no século XIX, conseguindo sua independência apenas em 1956.

Devido a essa diversidade cultural, o Marrocos é considerado um dos mais ocidentalizados países no mundo árabe. Algumas de suas cidades como Casablanca e Rabat têm um lado bem moderno. Em todas as principais cidades marroquinas é possível ver uma semelhança arquitetônica: as áreas estão bem divididas entre uma medina (centro comercial e residencial), uma mesquita central, o paládio real, o mellah (bairro judeu) e os sus (mercados). Tudo isso cercado por uma forte muralha que servia para proteger e fortificar a cidade.

Se sua vontade é conhecer uma das maravilhosas mesquitas, saiba que entrada nelas ou em qualquer outro lugar considerado santo é proibida aos não muçulmanos. As raras exceções são a mesquita de Hassan II em Casablanca, o Mausoléu de Mohammed V em Rabat, o Mausoléu de Moulay Ismaïl em Meknès e o Mausoléu de Moulay Ali Chérif em Rissani.

Aos amantes das compras, o país oferece diferentes tipos de quinquilharias, ótimos tapetes e uma vasta opção de artesanato. Devido à todo histórico comercial do mundo árabe, a dica é NEGOCIAR! Ao final da compra, você pode conseguir levar pra casa um ótimo tapete a preço de banana.

Para quem gosta, a vida noturna de Marrocos tem muito a ver com cheiros e sensações; é possível ver o mundo em cores e movimentos que fazem a vida parecer um conto de fadas, com bailarinos e encantadores de cobras. A cozinha marroquina é considerada uma das mais famosas do mundo, e não é só pelo tabule. São inúmeras as opções que vão fazer você descobrir gostos e aromas bem diferentes do mundo ocidental.

Neste país fascinante, repletos de contrastes e de povo hospitaleiro, vale a pena visitar Tánger e a Costa mediterrânea onde estão as Cidades Imperiais. Em Casablanca, você irá visitar uma cidade que habita o imaginário universal depois que ganhou fama com o filme de mesmo nome em 1942. Em Marrakech visite o impressionante Altas. Já em Fez você encontra o que há de melhor em arte e cultura marroquina além de uma das maiores e mais antiga medinas onde você certamente vai encontrar de tudo, desde artesanato, jóias até tapeçaria.

Agora, se você quer realmente entrar a alma do Marrocos, reserve algumas horas para conhecer o Djemaa El Fna, um mercado montado numa praça circular no centro de Marrakech. O movimento começa cedo com o sol já ardendo sob a cidade: encantadores de serpentes, mágicos, malabaristas, acrobatas, muçulmanos sentados em tapetes lendo o Alcorão, dentistas que exibem milhares de dentes extraídos como prova de sua competência são algumas das atrações. Tudo acontece ao mesmo tempo, e o tempo aqui nada mais é do que a soma dos segundos que definem novos sentidos.

Uma viagem para o Marrocos, certamente vai fazer você sentir sensações nunca antes imaginadas!

Galeria de Imagens

Solicite Seu Orçamento