Itália

Italia (15)

Um dos principais destinos turísticos do planeta, a Itália reúne um número impressionante de monumentos históricos. Ao todo, são mais de cem mil. Além disso, o país possui características naturais únicas, que vão da neve eterna, no cume dos Alpes, às tórridas praias do Mediterrâneo. Historicamente a Itália é marcada por diversas conquistas. Principalmente em virtude do poderoso Império Romano que dominou o planeta por 500 anos e chegou a ter 6,5 milhões de km². Este domínio influenciou diversos países nas áreas de religião, arquitetura, filosofia, direito e política. Além de berço do Império Romano, que deixou um imenso patrimônio arqueológico, cultural e literário, a Itália também foi local do Renascentismo que contribuiu para moldar o pensamento político, filosófico e artístico da Europa. Ao visitar a Itália, não deixe de conhecer às seguintes cidades:

Roma

Capital do país desde 1870 e centro mundial do cristianismo, Roma é um dos principais destinos turísticos do mundo. Ela abriga em seu território o estado vaticano, edifícios históricos e também um inigualável patrimônio arqueológico e artístico. Uma das melhores maneiras de conhecer a cidade é caminhar sem pressa, apreciando as suas magníficas praças e aproveitando a atmosfera fascinante de suas cafeterias. Famosa por sua história, a cidade coleciona monumentos mundialmente conhecidos, como a Fontana di Trevi, o Coliseu, e outros cantinhos escondidos e charmosos que merecem ser descobertos. Para os amantes da arquitetura, Roma é um prato cheio. Nas ruas do centro, é possível contemplar obras de todos os períodos históricos; desde a Roma antiga com o Panteão; o barroco, típico das fontes da capital; e o românico como a igreja de São Clemente. Se o seu interesse é conhecer a faceta religiosa da cidade, não deixe de ir ao Vaticano, ao cárcere mamertino – uma masmorra onde São Pedro e São Paulo teriam ficado presos – e a estátua de Moisés, esculpida por Michelangelo e situada no interior da basílica de San Pietro in Vincoli.

Milão

Segunda maior cidade da Itália, com 4,3 milhões de habitantes, Milão não tem o charme da Toscana, o caos de Nápoles e os milênios de história de Roma. A cidade é importante por ser um dos principais centros de moda e design do mundo. Muito do enfoque turístico de Milão reside nestas indústrias que atraem profissionais, turistas e consumistas de plantão. Atrás das últimas tendências da moda e das roupas de grifes, Milão concede aos italianos aquele famoso ar de elegância e sofisticação típico do país. Mas não se engane, não é apenas da moda que o turismo da cidade vive. Quem visita Milão ainda encontra o célebre Teatro alla Scala – palco de grandes óperas -, uma agitada vida noturna, ótimos restaurantes, prestigiados museus, relíquias históricas e artísticas e o Duomo, a catedral gótica mais antiga do país.

Nápoles

Capital da região da Campania, Nápoles é a terceira cidade italiana por número de habitantes. Desde a época medieval ela é considerada uma das maiores metrópoles europeias. Caótica e fascinante, a cidade conserva vestígios de seu passado de colônia grega, de seu domínio pelas civilizações romana, francesa, espanhola e da monarquia Bourbon. Apesar de não ser tão turística quanto as outras cidades da Itália, Nápoles merece ser visitada. Seu centro histórico foi declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO em 1995. Nápoles reúne diversas atrações, como o Vesúvio, igrejas históricas, um imenso patrimônio artístico, belas ilhas nas redondezas e uma irresistível tradição culinária.

Veneza

Veneza é uma das cidades mais impressionantes do mundo. Quando o visitante chega aqui, ele tem a impressão que está em outro país. Ou melhor, em outro planeta. Veneza não se parece com nada que já vimos ou sentimos. Imagine uma cidade flutuante erguida no meio de um lago onde as ruas, são feitas de água e todos os veículos, são barcos. Em Veneza, você precisa navegar para se locomover. Isso vale para tudo: das famosas e românticas gôndolas até as ambulâncias, ônibus e carros funerários. Repleta de vielas, becos, pontes, e praças a arquitetura surpreende pelos detalhes escondidos nas referências do período bizantino. Todo esse clima é fruto de uma miscelânea de povos que passaram pelo local. A cidade mostra onde a criatividade humana pode chegar. E ela inspira criatividade. Perca-se, fotografe, sonhe, namore e, principalmente, encante-se.

Solicite Seu Orçamento