Indonésia

Indonesia(3)

Seja bem vindo a um lugar onde a beleza não tem limites! Localizada entre o Sudeste da Ásia e a Austrália, a Indonésia é um pais composto por nada mais nada menos do que ilhas. Este é o maior arquipélago do mundo, com 17.508 ilhas de diferentes formas, paisagens e tamanhos. De modo geral, a Indonésia oferece cenários de praias, florestas tropicais, cachoeiras e montanhas que são de encher os olhos e emocionar até o mais rigoroso dos turistas. Com um clima quente e um povo hospitaleiro, o país ainda se destaca pela sua herança cultural e por suas danças exóticas.

Devido à seu tamanho e sua beleza, seria impossível narrar as atrações de todas as ilhas. Porém, que tal conhecer as principais cidades da Indonésia com este pacote especial da Golden Tour?

Ilha de Java e Jakarta

Java é a principal e mais populosa ilha da Indonésia. Com grandes dimensões, 100km de comprimento por 200km de largura, o local oferece uma infinidade de paisagens fascinantes e grandes atrações culturais. A ilha é dividida em três sessões: Java Ocidental, Java Central e Java Oriental, mais as cidades de Jakarta Raya e Yogyakarta.

A principal cidade da Ilha de Java é Jarkarta, a capital da Indonésia. Habitada por cerca de 9 milhões de pessoas, a primeira impressão é que a cidade é caótica e barulhenta. Porém, ao conhecê-la um pouco mais, descobrimos uma cidade cativante. A área da Nova Jakarta é repleta de arranha-céus e autovias que cruzam a ilha de norte a sul. Esta região impõe-se a parte velha da cidade que possui várias casas de bambú e pitorescos canais.

É possível ter uma primeira impressão de Jakarta num percurso do sul à norte. Ao longo deste eixo localizam-se os principais monumentos e lugares de interesse turístico. O caminho levará você até a antiga Batavia, local batizado pelos colonizadores holandeses em 1619.

Para conhecer Jakarta, comece pelo coração da cidade e o principal cartão postal local: a Ponte Semanggi. Construída em estilo ocidental, a ponte é lindíssima. Ao visitá-la aproveite dar dar um pulo no Estádio Olímpico, no Jardim das Orquídeas, no Bazar da Indonésia, no Centro de Convenções de Jarkarta e no Museu Militar. Não muito longe deste ponte, você poderá contemplar a Mesquita Istiqlal, a maior do sudeste asiático. Outro local que merece ser visto é a Praça de Prapatan, onde há Monumento dos Heróis, um presente da antiga União Soviética ao povo indonésio. Essa escultura representa uma mulher nativa oferecendo arroz a um guerrilheiro.

A Praça Medam Merdeka, ou Praça da Liberdade é a principal praça de Jakarta. Aos seu redor, estão os principais monumentos da cidade. Entre eles o Monumento Nacional, uma construção de 137 metros chamada de Monas. A obra tem formato de um obelisco e uma labareda eterna cujo recipiente de ouro pesa 35kgs. Na base do monumento, há um pequeno museu que relata a história do país em 48 quadros. O visitante, através de um elevador, poderá subir ao topo da construção para apreciar uma esplêndida vista da cidade.

Junto à praça Medam Merdeka está o Museu Nacional. Fundado no ano de 1778 ele é um dos mais interessantes e antigos de todo território asiático. Há exposições permanentes dedicadas à etnografia, história e pré-história, arqueologia, cerâmicas, moedas, medalhas e espelhos. Uma das coisas mais interessantes do museu é uma coleção de manuscritos antigos, algo difícil de encontrar em qualquer lugar do planeta.

Ao norte da Praça, fica o Palácio Presidencial, cuja fachada principal oculta a residência do presidente do Estado. No lado norte da construção, há um espaço reservado para visitantes ilustres e convidados da Indonésia.

Quando passar por aqui, não deixe de visitar a Praça Banteng, a Catedral Católica, o Mosteiro Santa Úrsula, o Porto Sunda Kepala, o Parque Teman Mini Indonésia Idah, a Tamamn Mini Indonesia Indaho, o Museu Zoologico e o Parque das Aves.

O complemento perfeito para qualquer visita a Jakarta é um passeio por algumas das ilhas próximas, especialmente Pulau Seribu. Neste arquipélago você poderá praticar natação e mergulho, além de desfrutar de umas formosas e tranquilas praias do país.

Bali

Bali é parada obrigatória para visita a Indonésia. Suas águas quentes e azuis arrancam suspiros dos visitantes e convidam à prática de esportes náuticos, banhos de mar e de sol.

Três vezes e meia maior que a cidade de São Paulo, Bali tem pouco mais de três milhões de habitantes. Contudo, a ilha recebe dois milhões de turistas por ano. Como ficou isolada muito tempo, desenvolveu uma cultura própria, influenciada principalmente pela Índia.

Chamada de a “ilha dos deuses”, Bali tem milhares templos. O principal deles é o Tanah Lot, localizado sobre uma pedra à beira-mar. A construção fica complemente cercada de água nas marés alta. Ao visitar este local místico, aguarde até o pôr-do-sol. A paisagem neste horário é a mais bonita da ilha.

Outro templo bastante visitado em Bali é o Uluwatu. Ele fica no alto de uma falésia e é habitado por centenas de macacos.

Bali é um local paradisíaco que oferece muitas possibilidades à seus visitantes. Comece dando uma boa caminhada pela região para observar e fotografar pássaros, borboletas e plantas. Se você acha isso muito tranquilo e quiser algo mais radical, aproveite para escalar o monte Agung, considerado pelos moradores da ilha a morada de todos os deuses.

Reserve seu tempo também para visitar as crateras de vulcões, caminhar pelas travessias de arrozais que sobem pelas montanhas, ir aos lagos vulcânicos e fazer safaris à florestas onde ainda existem tigres selvagens.

Um dos passeios mais interessantes daqui fica na região de Ubud, um vilarejo de artistas e artesãos cercado de matas tropicais. Várias empresas oferecem pacotes com aventuras do tamanho de sua forma física e financeira. Ao passar por aqui, não deixe ir no vulcão Batur, que ainda está em atividade.

Aos amantes do Surf, Bali é um prato cheio. Aqui estão algumas das melhores praias do mundo para a prática do esporte. Isso vale tanto para iniciantes quanto para profissionais. Os locais mais populares são as praias de Kuta, Uluwatu e a famosa Nusa Dua, o ponto mais chique da ilha.

Já para quem prefere outra experiência, a dica é mergulhar com snorkel os recifes da região. A diversidade da fauna marinha impressiona. Quem mergulhar por aqui, poderá ver polvos, moreias, ermitões, caravelas, anêmonas e peixes de diversas cores e matizes.

A cultura local é outra atração que deve ser sentida nas apresentações do teatro tradicional balinês. As encenações provocam estranheza e arrepios nos visitantes ocidentais. As obras, cheias de monstros e heróis apresentam um confronto entre o bem e o mal que não tem vencedor. As peças são acompanhadas de música e dança que seduzem pelo exotismo dos sons e pela graça dos movimentos da cabeça e das mãos dos atores. A melodia é tocada por uma orquestra gamelão com dezenas de músicos e seus xilofones, tambores, címbalos, pratos e gongos.

Sumatra

A segunda maior ilha da Indonésia em tamanho e a quinta maior do mundo é um local de paisagens selvagens e exóticas. Isso é provado nas Bukit Burisan ou Montanhas Ambulantes, que extendem-se em direção noroeste-sudeste por toda ilha para desembocar em bosques tropicais que, atravessados por rios, se convertem em pântanos e bosques de manguesais. Apesar de toda essa natureza selvagem, o visitante que passar por aqui encontrará uma variedade de culturas e povos.

Medan, capital da Sumatra Setentrional é uma das principais cidades do país. Comece seu passeio indo ao Palácio Manimoon, construído em 1888 por ordem do sultão Deli. Esta construção permanece sendo residência do sultão de Sumatra. Outra obra realizada pelo sultão Deli é a Mesquita Mesjid Ray. Construída em 1906, ela é a maior da Indonésia.

Dois lugares curiosos para serem visitados é o museu militar Bukut Barisan que contém uma grande coleção de armas e objetos da Segunda Guerra Mundial, da Guerra da Independência e da Rebeliam de Sumatra e o Tamam Ria, um parque de diversões no que celebra-se a Feira de Medam.

Galeria de Imagens

Solicite Seu Orçamento